Contos doTio-Avô
Saulo Piva Romero
Textos
HOUVE UM TEMPO EM QUE UM MILIONÁRIO AGRICULTOR DECIDIU CULTIVAR UMA PLANTAÇÃO DE BERINJELA NOS VERDES CAMPOS DA SUA BELÍSSIMA FAZENDA.
ONOFRE ERA UM AMANTE DOS LEGUMES. ELE TINHA VÁRIAS PLANTAÇÕES DE LEGUMES NA SUA FAZENDA.
CERTO DIA ELE NOTOU QUE AINDA NÃO HAVIA CULTIVADO UMA PLANTAÇÃO DE BERINJELA NOS SEUS VERDES CAMPOS.
ENTÃO, ELE ENTROU NO SEU CELEIRO E COMEÇOU A PROCURAR UMAS SEMENTES DE BERINJELA QUE HAVIA TRAZIDO NA ÉPOCA EM QUE VISITOU A ÍNDIA E A ÁFRICA.
DEPOIS QUE ENCONTROU AS SEMENTES, ONOFRE FOI PARA O CAMPO DE PLANTAÇÃO E INICIOU A TÃO SONHADA PLANTAÇÃO DE BERINJELA.
ELE SEMEOU OS QUATRO TIPOS MAIS CONSUMIDOS DE BERINJELAS. NO PRIMEIRO LOTE DO CAMPO O AGRICULTOR PLANTOU A BERINJELA LONG PURPLE, NO SEGUNDO A BERINJELA EASTER EGG, NO TERCEIRO A BERINJELA SERPENTINUM E NO ÚLTIMO ONOFRE PLANTOU A MAIOR VARIEDADE DO LEGUME QUE É A BLACK ENORMA.
TODOS OS DIAS O AGRICULTOR CUIDAVA DAQUELA PLANTAÇÃO COM MUITO CARINHO E DEDICAÇÃO.
DEPOIS DE CEM DIAS EM QUE HAVIA PLANTADO AS SEMENTE AS BERINJELAS COMEÇARAM A CRESCER E A GANHAR VIDA.
AS BERINJELAS DA FAZENDA BONITA COMO ELA ERA CHAMADA POR ONOFRE COMEÇARAM A TER UMA BOA RELAÇÃO COM OS OUTROS VEGETAIS QUE ERAM SEUS VIZINHOS.
MAS COM O TEMPO UMA DAS BERINJELAS QUE ERA MUITO SONHADORA COMEÇOU A FICAR ENTEDIADA DE FICAR SEMPRE PARADA NO MESMO LUGAR E ALÉM DISSO, ELA SABIA QUE QUALQUER DIA PODERIA SER ASSADA NO FORNO, FRITA AO NATURAL OU REFOGADA, NO MOLHO.
MAS, O QUE BRIBA MAIS DESEJAVA NA VIDA ERA FUGIR DAQUELA PLANTAÇÃO ENTEDIANTE ONDE ELA HAVIA NASCIDO E CRESCIDO E DAR A VOLTA AO MUNDO.
ENTÃO, NUMA MANHÃ DE INVERNO BRIBA, A BERINJELA TEVE UMA IDEIA E COMEÇOU A PLANEJAR A SUA FUGA DAQUELA PLANTAÇÃO QUE TANTO A DEIXAVA ABORRECIDA E APREENSIVA.
NAQUELA MANHÃ A BERINJELA REBELDE E AVENTUREIRA APROVEITOU QUE TODAS AS BERINJELAS ESTAVAM DORMINDO PARA COMEÇAR A SAIR DALI BEM DE MANSINHO E CORRER EM DIREÇÃO AO SEU GRANDE SONHO DE CONHECER NOVAS PAISAGENS PELO MUNDO AFORA.
A COISA QUE BRIBA MAIS QUERIA ERA VIVER SOZINHA LONGE DA FAZENDA, DOS VEGETAIS VIZINHOS MEXERIQUEIROS, DAS BRONCAS DIÁRIAS DOS SEUS PAIS E DAS GARRAS DO AGRICULTOR QUE UM DIA A TRANSFORMARIA EM UMA DELICIOSA BERINJELA A MILANESA.
MAS QUANDO ELA COMEÇAVA A SAIR DO MEIO DA PLANTAÇÃO PARA ALCANÇAR A LIBERDADE QUE TANTO DESEJAVA, ELA AVISTOU O AGRICULTOR QUE ESTAVA SE ENCAMINHANDO PARA O CAMPO PARA EXAMINAR A SUA PLANTAÇÃO, ENTÃO ELA APRESSOU O PASSO E COMEÇOU A CORRER PARA SE A FASTAR DA VISÃO DO AGRICULTOR ANTES QUE PUDESSE SER ALCANÇADA POR ELE.
BRIBA CORREU TANTO QUE O AGRICULTOR NÃO TEVE OMO ALCANÇÁ-LA E ASSIM BRIBA A SONHADORA BERINJELA SUMIU SEM DEIXAR RASTROS.
ONOFRE FICOU MUITO ZANGADO COM A FUGA DE UMA DAS SUAS BERINJELAS BLACK ENORMA.
ASSIM DEPOIS DE MUITO QUEIMAR A CABEÇA COM IDEIAS PARA CAPTURAR A BERINJELA FUJONA, ONOFRE DECIDIU DAR UMA GRANDE RECOMPENSA A QUEM ENCONTRASSE BERINJELA FUGITIVA.
A NOTÍCIA SE ESPALHOU COMO PÓLVORA PELOS VERDES CAMPOS DE PLANTAÇÃO DO MILIONÁRIO AGRICULTOR ALVOROÇANDO TODOS OS LEGUMES QUE LÁ VIVIAM.
ENTÃO, TODOS OS LEGUMES QUE PERTENCIAM AS PLANTAÇÕES DE ONOFRE DECIDIRAM SAIR PARA CAPTURAR A BERINJELA REBELDE E FUJONA EM TROCA DA RECOMPENSA OFERECIDA PELO MILIONÁRIO AGRICULTOR.
ENQUANTO ISSO, A BERINJELA CAMINHAVA DIA APÓS DIA NA ESPERANÇA DE CONHECER OS ENCANTOS DO MUNDO ALÉM DA FAZENDA.
MAS COM O PASSAR DOS DIAS ELA COMEÇOU A SE SENTIR SOLITÁRIA E PERDIDA NESSE NOVO MUNDO QUE ELA ESTAVA DESBRAVANDO.
NESSE MOMENTO A BERINJELA REBELDE E SONHADORA QUERIA TER APENAS UM AMIGO DE VERDADE QUE A AMASSE E QUE A PROTEGESSE E DESSE UMA PALAVRINHA DE INCENTIVO DE VEZ EM QUANDO.
ASSIM, A BERINJELA CONTINUOU CAMINHANDO PELO MUNDO ATÉ QUE UM DIA CONHECEU UM LINDO RABANETE E SAIU CORRENDO ATRÁS DELE NA ESPERANÇA DE TER ACHADO UM AMIGO.
MAS, O RABANETE NÃO NOTOU A PRESENÇA BERINJELA SONHADORA E CONTINUOU A SUA CAMINHADA DIÁRIA COMO FAZIA TODOS OS DIAS, POIS, ELE ESTAVA PERDIDO NA CIDADE GRANDE, POIS, HAVIA CAÍDO DA CARROCERIA DE UM CAMINHÃO QUE FAZIA A ENTREGA DE LEGUMES A UM SUPERMERCADO.
ENTÃO, O RABANETE ESTAVA MUITO APRESSADO PARA VOLTAR PARA A HORTA ONDE NASCEU.
MAS UM DIA TUDO MUDOU, POIS, O RABANETE VOLTOU AO PONTO DE ÔNIBUS ONDE O CAMINHÃO COM AS CAIXAS DE LEGUMES COSTUMA PASSAR TODAS AS MANHÃS.
E ASSIM A BERINJELA FUGITIVA FICAVA NA ESPERANÇA QUE O CHARMOSO RABANETE LHE DESSE PELO MENOS UM SORRISO.
MAS, ELE CONTINUAVA IGNORANDO A SUA PRESENÇA E ISSO FAZIA COM QUE A BERINJELA SONHADORA SE ENTRISTECESSE.
ENTÃO, ELA PENSAVA:
- HOJE O CHARMOSO RABANETE NÃO ME NOTOU. MAS AMANHÃ, QUEM SABE?
E ESPERANÇA ERA O QUE ELA MAIS TINHA.
ASSIM NO DIA SEGUINTE O RABANETE LÁ ESTAVA PROCURANDO O CAMINHÃO PARA VOLTAR PARA A CASA.
ENTÃO, A SONHADORA BERINJELA TOMADA PELA CORAGEM SE APRESENTOU AO RABANETE QUE IMEDIATAMENTE SE APAIXONOU POR ELA.
FINALMENTE A BERINJELA NÃO ESTAVA MAIS SOZINHA EM SUA VOLTA AO MUNDO.
MAS SUA FELICIDADE NÃO DUROU POR MUITO TEMPO, POIS, O BANDO DE LEGUMES DA FAZENDA DE ONOFRE A ENCONTROU NAQUELE PONTO DE ÔNIBUS E A CAPTURARAM E O RABANETE BEM QUE TENTOU DEFENDÊ-LA, MAS, OS LEGUMES SURRARAM O RABANETE QUE ELE MAL CONSEGUIA CAMINHAR.
ENTÃO, OS LEGUMES INTERESSEIROS A LEVARAM DE VOLTA PARA A FAZENDA.
ONOFRE RECOMPENSOU CADA UM DOS LEGUMES POR TEREM ENCONTRADO A SUA BERINJELA FUJONA.
 DEPOIS, ELE PEGOU A ASSUSTADA BERINJELA COM AS MÃOS E DISSE:
- COMO VOCÊ OUSOU FUGIR DA MINHA PLANTAÇÃO SERÁ TRANSFORMADA UM DELICIOSO BABAGANUCHE, POIS, LOGO MAIS SERÁ APENAS UM PURÊ PORQUE EU VOU LEVAR VOCÊ AO FORNO E DEPOIS COLOCÁ-LO NO LIQUIDIFICADOR.
A BERINJELA FICOU APAVORADA, POIS, SABIA QUE EM POUCOS MINUTOS VIRARIA UMA PASTA VERDE E POR FIM SERIA DEGUSTADA POR ONOFRE. ELA TINHA CERTEZA QUE O SEU FIM ESTAVA MUITO PRÓXIMO.
PASSADO UM TEMPO, O AGRICULTOR VOLTOU PARA DECRETAR O FIM DA VIDA DA BERINJELA.
QUANDO O AGRICULTOR COLOCOU JÁ ESTAVA PREPARADO PARA ASSÁ-LA NO FORNO, O RABANETE ENTRA NA COZINHA E COMEÇA A SUBIR NA ASSADEIRA ONDE ESTAVA A INDEFESA BERINJELA PRONTA PARA IR AO FORNO FAZENDO COM QUE A ASSADEIRA CAIA NO CHÃO E ASSIM OS DOIS APERTAM O PAÇO E MAIS UMA VEZ A SONHAVA BERINJELA CONSEGUE ESCAPAR DAS GARRAS DO AGRICULTOR.
ASSIM QUE O CHARMOSO RABANETE A DEIXOU EM SEGURANÇA NAQUELE PONTO DE ÔNIBUS, O TÃO AGUARDADO CAMINHÃO PASSOU.
ENTÃO, O RABANETE A DEIXOU SENTADA E PARTIU NAQUELE CAMINHÃO DE VOLTA PARA CASA, MAS, PROMETENDO QUE UM DIA ELE A ENCONTRARIA NOVAMENTE.
PASSADOS ALGUNS ANOS, BRIBA, A BERINJELA VOLTAVA TODAS AS TARDES NAQUELE PONTO DE ÔNIBUS ONDE HAVIA CONHECIDO O GRANDE AMOR DA SUA VIDA NA ESPERANÇA DE REENCONTRÁ-LO E NUMA TARDE EM QUE ELA ESTAVA DEITAVA PREGUIÇOSAMENTE NO BANCO DO PONTO DE ÔNIBUS DA PRACINHA, O CHARMOSO RAMALHÃO, O RABANETE VOLTA NOVAMENTE AO PONTO DE ÔNIBUS E ASSIM O REENCONTRO ENTRE A BERINJELA SONHADORA E O RABANETE CHARMOSO ACONTECEU DEPOIS DE MUITOS ANOS EM QUE ESTIVERAM UM LONGE DO OUTRO.
ASSIM QUE O VIU NOVAMENTE, A ESPERANÇA REAVIVOU NO SEU CORAÇÃO, POIS, A REBELDE E SONHADORA BERINJELA TEVE A CERTEZA QUE AQUELE CHARMOSO RABANETE SERIA O SEU GRANDE AMOR PARA SEMPRE.
:
 

 
Saulo Piva Romero
Enviado por Saulo Piva Romero em 28/07/2020
Alterado em 28/07/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
AfrikaansAlbanianArabicEnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Copyright © 2017-2020. Contos do Tio-Avô. Todos os direitos dos textos reservados a Saulo Piva Romero  
 
* As imagens do site são sem fins lucrativos.
São de propriedade da Google LLC