Contos doTio-Avô
Saulo Piva Romero
Textos
HOUVE UM TEMPO EM QUE DIRCEU SONHAVA SER MECÂNICO PARA PODER CONSERTAR CARROS E MOTOCICLETAS. O SEU SONHO DE SER UM MECÂNICO COMEÇOU QUANDO ELE TINHA ONZE ANOS.
O MENINO DIRCEU AINDA CRIANÇA JÁ SONHAVA COM O DIA EM QUE ELE TERIA A SUA PRÓPRIA OFICINA MECÂNICA.
ELE SEMPRE FOI APAIXONADO POR CARROS E MOTOCICLETAS.
O MENINO SEMPRE ACOMPANHAVA O PAI QUANDO ELE LEVAVA SEU VELHO FUSQUINHA MARROM PARA VERIFICAR SE ELE TINHA ALGUM PROBLEMA NO MOTOR.
DE TANTO OBSERVAR O MECÂNICO ESTUDANDO O MOTOR DO FUSQUINHA CUIDADOSAMENTE, DIRCEU COMEÇOU A AMAR ESSA PROFISSÃO.
ELE QUERIA PASSAR A MAIOR PARTE DO SEU TEMPO LIVRE NA OFICINA MECÂNICA DO AMIGO DO SEU PAI.
ISSO ESTAVA DEIXANDO O SEU CARMELO MUITO PREOCUPADO, POIS, ESSA PAIXÃO PELA MECÂNICA ESTAVA FAZENDO COM QUE O MENINO DEIXASSE O ESTUDO DE LADO.
ENTÃO, CARMELO DECIDIU TER UMA CONVERSA MUITO DIFÍCIL COM O FILHO, POIS, ELE TINHA APENAS ONZE ANOS E TALVEZ NÃO COMPREENDESSE DIREITO O QUE ELE IRIA LHE PERGUNTAR.
ASSIM, PASSADOS ALGUNS MESES, SEU CARMELO CHAMOU O FILHO E LHE FEZ UMA PERGUNTA DE DIFÍCIL RESPOSTA PARA UM MENINO DE ONZE ANOS RESPONDER IMEDIATAMENTE.
MAS, PARA O ESPANTO DE SEU CARMELO, O MENINO RESPONDEU SEM MAIORES DIFICULDADES.
- VOCÊ QUER CONTINUAR ESTUDANDO OU IR TRABALHAR COMO APRENDIZ DE MECÂNICO NA OFICINA MECÂNICA DO PACHECO?
O MENINO RESPONDEU COM MUITA FIRMEZA.
- EU QUERO ESTUDAR E IR TRABALHAR NA OFICINA MECÂNICA DO SEU RENATO,
- O PAI ABRAÇOU O FILHO E DISSE:
- MEU QUERIDO DIRCEU, TUDO NA VIDA TEM A SUA HORA, ENTÃO UM DIA A SUA HORA VAI CHEGAR E VOCÊ CONQUISTARÁ TUDO O QUE SEMPRE SONHOU.
OS ANOS FORAM PASSANDO E DIRCEU SE TORNOU UM RAPAZ E FOI EM BUSCA DO SEU SONHO QUE ERA SER UM GRANDE MECÂNICO.
DEPOIS DE MUITOS ANOS DE ESTUDO E TRABALHO, DIRCEU CONSEGUIU ABRIR A SUA TÃO SONHADA OFICINA MECÂNICA.
ELE ERA MUITO DETERMINADO E DEDICADO NA PROFISSÃO E NÃO DEMOROU MUITO TEMPO PARA QUE A SUA OFICINA SE TORNASSE FAMOSA NO BAIRRO EM QUE ELE MORAVA.
DIRCEU, ALÉM DE SER UM EXCELENTE MECÂNICO TAMBÉM FICOU CONHECIDO COMO O MECÂNICO CONTADOR DE HISTÓRIAS.
OS SEUS CLIENTES QUE LEVAVAM OS SEUS CARROS OU AS SUAS MOTOCICLETAS PARA ELE REVISAR O MOTOR OU OUTRAS PEÇAS QUE APRESENTAVAM DEFEITOS SEMPRE SAÍAM DE LÁ SATISFEITOS COM O SERVIÇO POR ELE REALIZADO E TAMBÉM COM MUITAS HISTÓRIAS QUE ELE CONTAVA PARA ELES ENQUANTO SE METIA EM BAIXO DO CARRO PARA EXAMINAR MELHOR O MOTOR.
ASSIM QUANDO ELE VESTIA O SEU MACACÃO TODO SUJO DE GRAXA E SE ACOMODAVA EM BAIXO DO CARRO DE ALGUM CLIENTE, DIRCEU SE LEMBRAVA DE ALGUMA HISTÓRIA DE MECÂNICO E SOLTAVA A LÍNGUA.
- MEU AMIGO, EU TINHA ACABADO DE CHEGAR DE UMA LONGA E CANSATIVA VIAGEM, AÍ ENCONTREI ALGUNS AMIGOS NA PORTA DA MINHA OFICINA E ELES ME DISSERAM QUE O RENATO QUE ERA UM CARA SENSACIONAL ESTAVA PRECISANDO DE UM MOTOR PARA COLOCAR NUM FUSQUINHA ANTIGO. ENTÃO, EU QUE MAL TINHA TIRADO A MINHA CAIXA DE FERRAMENTAS DO MEU CAMINHÃO E AINDA NÃO CONHECIA MUITO BEM AS COISAS, POIS, AINDA ERA NOVO NA PROFISSÃO DE MECÂNICO, MAS, COMO EU SOU UM MECÂNICO CAMARADA, CORRI ATRÁS E ARRUMEI UM MOTOR NOVINHO, POIS, O MOTOR DO FUSQUINHA DO RENATO ESTAVA CAINDO AOS PEDAÇOS.
ENTÃO, CORRI, ARRANJEI UM MOTOR NOVINHO COM UM CONHECIDO, DESMONTEI, RETIFIQUEI, MONTEI E INSTALEI NO FUSQUINHA VERDE LIMÃO DO RENATO. EU HAVIA FEITO TUDO ISSO EM DUAS SEMANAS, TEMPO QUE EU COMBINEI COM ELE.
DEPOIS QUE FIZ OS REPAROS E A TROCA DO MOTOR, O FUSQUINHA FICOU NOTA DEZ, POIS, NEM PARECIA AQUELE ANTIGO FUSQUINHA CAINDO AOS PEDAÇOS.
O RENATO FICOU MUITO SATISFEITO COM O MEU TRABALHO REALIZADO NO SEU VELHO FUSQUINHA, POIS O FUSQUINHA VIVIA MORRENDO E ESTAVA PRECISANDO DE UMA RETÍFICA.
ELE AINDA ME PEDIU PARA QUE UM TAMBÉM DESSE UMA EXAMINADA NA BRASÍLIA DA SUA ESPOSA E ALÉM DE ME PAGAR A QUANTIA PEDIDA POR MIM PARA QUE EU DEIXASSE O VELHO FUSQUINHA NOVINHO EM FOLHA ELE AINDA ME PRESENTEOU COM O MOTOR ORIGINAL DO FUSQUINHA QUE ATÉ HOJE FAZ PARTE DA DECORAÇÃO DA MINHA OFICINA MECÂNICA,
EU FIQUEI ENCANTADO EM TER EM MINHAS MÃOS UM MOTOR DE UM ANTIGO FUSQUINHA. O MOTOR ORIGINAL TINHA SIDO VÍTIMA DE UMA ALTA DOSE DE ÓXIDO NITROSO, QUE INFELIZMENTE QUEBROU AS CANALETAS DE DOIS PISTÕES, A PARTE QUEBRADA BATIA NO CABEÇOTE, FAZIA UM BARULHO ENSURDECEDOR, POIS, COM MUITA CALMA E NENHUMA PRESSA, DESMONTEI TUDO, CONFERI QUE APENAS DOIS PISTÕES TINHAM SIDO FRITOS NO PROCESSO, QUE O BLOCO ESTAVA AINDA BOM DE MEDIDA. COMPREI OS DOIS PISTÕES QUE FALTAVAM E, LENTAMENTE, NAS SOBRAS DE TEMPO, FUI REMONTANDO ELE.
QUANDO, O MECÂNICO E CONTADOR DE HISTÓRIAS TERMINOU O CONSERTO DO CARRO DO CLIENTE QUE PACIENTEMENTE ESCUTOU A HISTÓRIA TINHA ACABADO DE LHE CONTAR, O CLIENTE SE SEGURANDO PARA NÃO RIR, DISSE:
- VOCÊ, COMO MECÂNICO É EXCELENTE, MAS, COMO CONTADOR DE HISTÓRIAS É IGUAL A PESCADOR QUE PESCA UM LAMBARI E FAZ DELE UM TUBARÃO!

 
Saulo Piva Romero
Enviado por Saulo Piva Romero em 10/06/2020
Alterado em 25/06/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
AfrikaansAlbanianArabicEnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Copyright © 2017-2020. Contos do Tio-Avô. Todos os direitos dos textos reservados a Saulo Piva Romero  
 
* As imagens do site são sem fins lucrativos.
São de propriedade da Google LLC