Contos doTio-Avô
Saulo Piva Romero
Textos
HOUVE UM TEMPO EM QUE NA VÉSPERA DO NATAL, ENQUANTO ESTEVÃO E SUA ESPOSA LIA MONTAVA A ÁRVORE DE NATAL PARA COLOCAR OS PRESENTES NATALINOS, ELES RECEBERAM O MAIS IMPORTANTE PRESENTE DE NATAL QUE MUDARIA A VIDA DELES PARA SEMPRE. ESSE PRESENTE MUITO ESPECIAL ERA A PEQUENA LARISSA. ELA CHEGOU DE SURPRESA, POIS, O CASAL A ESTAVA ESPERANDO HÁ MUITO TEMPO NA FILA DA ADOÇÃO. MAS, DEUS QUE É BOM E GENEROSO DECIDIU PRESENTEÁ-LOS NA NOITE DE NATAL E ASSIM O BOM VELHINHO NOEL FICOU ENCARREGADO DE FAZER ESSA ENTREGA ESPECIALÍSSIMA PARA O CASAL.
ELES FICARAM APAIXONADOS PELA PEQUENA DE CABELOS LOIRINHOS E COM APENAS VINTE DIAS DE VIDA, POIS, HAVIAM ENFRENTADO UMA LONGA GESTAÇÃO GERADA DENTRO DOS SEUS CORAÇÕES.
ELES AINDA NÃO TINHAM NADA PREPARADO PARA RECEBER EM CASA A FILHA TÃO SONHADA, MAS O AMOR DELES PELA PEQUENA LALÁ NÃO CABIA DENTRO DO PEITO DE TÃO GRANDE QUE ERA.
NÃO HAVIA BERÇO, QUARTO, MAMADEIRAS E NEM FRALDAS, MAS, CARINHO, ATENÇÃO E CUIDADOS NÃO FALTARAM PARA A MENINA NA SUA PRIMEIRA NOITE NA COMPANHIA DOS PAIS.
LALÁ ERA A REALIZAÇÃO DE UM SONHO DESDE QUE SE CASARAM, POIS, ELES NÃO PODIAM TER FILHOS.
LALÁ CHEGOU NA NOITE DE NATAL E ISSO FEZ COM QUE O NATAL DE ESTEVÃO E LIA TIVESSE MAIS BRILHO.
A PEQUENA LALÁ CHEGOU COM SEUS OLHINHOS ARREGALADOS, A PELE COBERTA DE BROTOEJAS, COM O CABELINHO ESPETADO E UMA CARINHA MEDROSA.
MAS, LOGO AS COISAS NA CASA DE LIA E ESTEVÃO FORAM SE AJEITANDO E LOGO A PEQUENA FOI SE FAMILIARIZANDO COM OS PAIS.
LALÁ COMEÇOU A RETRIBUIR TODO O AMOR QUE ELA RECEBEU AO CHEGAR NAQUELE LAR REGADO DE AMOR E CARINHO.
COM O PASSAR DO TEMPO, A MENINA FOI CRESCENDO E COM ISSO ESTEVÃO DIMINUIU O PERÍODO DE TRABALHO, POIS, QUERIA ACOMPANHAR BEM DE PERTO A FASE DE CRESCIMENTO DA FILHA.
ELE SE ACOSTUMOU A FICAR PASSEANDO PELO JARDIM, DE MÃOS DADAS COM A FILHA.
E LIA ERA UMA MÃE MUITO ZELOSA, POIS NÃO DESGRUDAVA DA FILHA UM MINUTO QUE FOSSE.
SEMPRE QUE PODIA, ESTEVÃO COMO UM PAI COMPANHEIRO QUE NÃO SE IMPORTAVA EM SE DISFARÇAR DE DINOSSAURO PARA QUE A PEQUENA LALÁ CAÍSSE NA GARGALHADA.
LIA E ESTEVÃO IA ENVELHECENDO A MEDINA EM QUE LARISSA IA CRESCENDO. MAS O AMOR QUE SENTIAM PELA FILHA NUNCA ENVELHECIA E CONTINUAVA CADA VEZ MAIS FORTE E INFINITO.
ESSE AMOR PELA FILHA FEZ COM QUE ESTEVÃO CRIASSE O DIÁRIO DO PAPAI ONDE ELE REGISTRAVA TODOS OS MOMENTOS MAIS MARCANTES DA VIDA DA SUA FILHA MUITO AMADA, COMO POR EXEMPLO, O PRIMEIRO ANIVERSÁRIO, A PRIMEIRA SESSÃO DE CINEMA, E A FORMATURA DA ESCOLINHA,
 E A MENINA SE TORNOU UMA JOVEM MUITO CARINHOSA COM SEUS PAIS E SEMPRE DEU MOTIVOS PARA QUE ELES SE ORGULHASSEM MUITO COM AS SUAS CONQUISTAS.
ESTEVÃO É AGORA UM VELHINHO BEM HUMORADO E LIA UMA VELHINHA MUITO SIMPÁTICA COM ESPÍRITO JOVEM.
ESTEVÃO TEM TANTO ORGULHO DA FILHA QUE PRETENDE ESCREVER UM LIVRO EM QUE ELE CONTARÁ A INCRÍVEL EXPERIÊNCIA DE TER SIDO PAI JÁ AOS QUARENTA ANOS.
OS TRÊS AINDA MORAM JUNTOS NA MESMA CASA EM QUE RECEBERAM A FILHA NA NOITE DE NATAL. ELES FORMAM UMA LINDA E UNIDA FAMÍLIA COM OS LAÇOS DO CORAÇÃO, POIS, ESTEVÃO, LIA E LARISSA SEMPRE MOSTROU PARA AS PESSOAS QUE CONVIVEM COM ELES QUE PAIS VERDADEIROS SÃO AQUELES QUE CRIAM.
LARISSA É QUE CUIDA DOS PAIS HOJE EM DIA, POIS JÁ SE ENCONTRAM BEM VELHINHOS, POIS O AMOR DELA PELOS PAIS É AMÁVEL E PACIENTE, NÃO É EGOÍSTA E NEM MALCRIADO. É O AMOR QUE NÃO TEM INTERESSES E QUE NÃO GUARDA MÁGOAS.
LARISSA QUER RECEBER DE PRESENTE NESSE NATAL SOMENTE A COMPANHIA DOS PAIS AO SEU LADO PARA PODER AGRADECER A ELES POR TUDO O QUE REPRESENTAM NA VIDA DELA E TAMBÉM AGRADECER A DEUS POR TIRA-LA DAS TREVAS DO ABANDONO E  PRESENTEÁ-LA COM UM LAR ILUMINADO PELA LUZ DO AMOR.
 
Saulo Piva Romero
Enviado por Saulo Piva Romero em 23/12/2019
Alterado em 11/05/2020
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
AfrikaansAlbanianArabicEnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Copyright © 2017-2020. Contos do Tio-Avô. Todos os direitos dos textos reservados a Saulo Piva Romero  
 
* As imagens do site são sem fins lucrativos.
São de propriedade da Google LLC