Contos doTio-Avô
"Quem escreve um livro cria um castelo, quem o lê mora nele".
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
LinksLinks
Textos


ERA UMA VEZ MANUELITO, O BOI E TANAJURA, A FORMIGA. O MÊS DO NATAL HAHIA CHEGADO E O CAMPO ESTAVA COBERTO DE NEVE. MANUELITO SE DISTANCIOU MUITO DO SEU REBANHO, POIS, FICOU ATOLADO NA NEVE. ENTÃO, NÃO TINHA COMO ELE SABER QUAL ERA O CAMINHO QUE O REBANHO HAVIA TOMADO PARA CHEGAR À FAZENDA QUE O REBANHO PERTENCIA. MANUELITO ESTAVA MUITO CANSADO, POIS, ATÉ FICAR ATOLADO NA NEVE, HAVIA CAMINHADO MUITAS LÉGUAS. E ESTAVA SENTINDO MUITO FRIO, FOME E SEDE.
MAS, MANUELITO ERA UM BOI COM MUITA SORTE, POIS, APESAR DE SE ENCONTRAR NAQUELA SITUAÇÃO DESAGRADÁVEL, ELE ATOLOU BEM EM FRENTE DE UM BALDE COM ÁGUA E PELO MENOS, PODERIA MATAR A SUA SEDE. ENTÃO, QUANDO ELE SE PREPARAVA PARA ABRIR A BOCA PARA BEBER A ÁGUA, ELE ASSUSTADO POR UM GRITO APAVORANTE, ARREGALOU OS SEUS OLHOS E VIU UMA FORMIGA PEDINDO SOCORRO, JÁ QUASE PERDENDO O FÔLEGO DE TANTO CORRER DA PERSEGUIÇÃO DE UM TAMANDUÁ QUE NÃO A DEIXA EM PAZ E QUERIA CACÁ-LA DE QUALQUER JEITO. MANUELITO QUE ERA UM BOI BOM E SENTIMENTAL FICOU COMOVIDO COM O DESESPERA DE TANAJURA E ASSIM OS DOIS COMEÇARAR UM BATE- PAPO SOBRE A SITUAÇÃO DESAGRADÁVEL QUE OS DOIS ESTAVAM PASSANDO NAQUELA TARDE FRIA, NA VÉSPERA DO NATAL.
- QUAL É O SEU NOME, MINHA CARA FORMIGUINHA?
E A FORMIGA DISSE:
EU ME CHAMO TANAJURA.
- QUE LINDO NOME! DISSE MANUELITO.
E A ASSUSTADA TANAJURA PERGUNTOU:
E VOCÊ, COMO SE CHAMA?
E MANUELITO RESPONDEU:
- MANUELITO.
E O BOI QUIS SABER POR QUE A FORMIGUINHA ESTAVA TÃO ASSUSTADA.
E ELA DISSE:
- EU ESTOU NESSA SITUAÇÃO POR CAUSA DE UM TAMANDUA QUE ESTÁ ME PERSEGUINDO E QUERENDO ME PEGAR DE TODAS AS FORMAS E EU NÃO TENHO MAIS CONDIÇÕES DE CORRER, POIS, JÁ ESGOTEI TODAS AS MINHAS FORÇAS.
E O BOI MUITO SENTIMENTAL, DISSE:
- OH, POBRE FORMIGUINHA! QUE COVARDIA DESTE TAMUNDUÁ MALVADO, POIS, ELE DEVERIA ENFRENTAR ALGUÉM DO SEU TAMANHO E NÃO ABORRECER UMA FORMIGA TÃO PEQUENINA E QUE TRABALHA O VERÃO INTEIRO CARREGANDO ALIMENTOS PARA NÃO PASSAR FOME DURANTE O INVERNO CONGELANTE.
E A SIMPÁTICA TANAJURA RESPONDEU:
OBRIGADO, MANUELITO! VOCÊ É UM BOI MUITO GENTIL.
MAS, MEU AMIGO, EU VEJO QUE TAMBÉM ESTÁ EM APUROS. O QUE HOUVE COM VOCÊ?
E O BOI TRISTONHO RESPONDEU:
EU ME PERDI DOS DEMAIS COMPANHEIROS QUE FAZEM PARTE DO REBANHO A QUE EU PERTENÇO, PORQUE EU FIQUEI ATOLADO NA NEVE E SÓ TENHO ÁGUA PARA BEBER. EU ESTOU SEM ALIMENTOS PARA MATAR A MINHA FOME, POIS NÃO SEI SE SOBREVIVO ATÉ O NATAL CHEGAR.
E TANAJURA COM PENA DO BOM BOI, DISSE:
- NÃO DIGA UMA COISA DESTA! EU NÃO VOU DEIXAR VOCÊ MORRER! EU TIVE UMA IDEIA! QUE TAL NÓS UNIRMOS NOSSAS FORÇAS?
- ÓTIMA IDEIA, MINHA AMIGA! ASSIM VOCÊ SALVA A MINHA VIDA E EU SALVO A SUA VIDA TAMBÉM.
ENTÃO, TANAJURA CORREU E PEGOU UM GALHO DE UMA ARVORE E COMEÇOU A SUA TENTATIVA DE DESATOLAR O AMIGO BOI. ELA COM A AJUDA DO GALHO FOI REVOVENDO POUCO A POUCO OS FLOCOS DE NEVE EM VOLTA DE MANUELITO ATÉ QUE QUASE A PONTO DE ESGOTAR AS SUAS FORÇAS, FINALMENTE ELA CONSEGUIU DESATOLAR O AMIGO.
ENTÃO, MANUELITO AGRADECEU TANAJURA POR TER SALVADO A SUA VIDA E DISSE:
- AGORA É A MINHA VEZ DE AJUDÁ-LA.
E ASSIM ELE SAIU BUFANDO AO ENCONTRO DO TAMANDUÁ E QUANDO O ENCONTROU, DISSE:
- VÁ ASSUSTAR ALGUÉM DO TEU TAMANHO E NÃO UMA CRIATURINHAFRÁGIL E TRABALHORA COMO É A MINHA AMIGA FORMIGUINHA. DEPOIS DESSAS PALAVRAS O BOI PARTIU PARA CIMA DO TAMANDUÁ E DEU UMA VIOLENTA CHIFRADA NO SEU BUMBUM FAZENDO COM QUE O BICHO FOSSE PARAR NO ALTO DE UM GRANDE PINHEIRO.
MANUELITO OLHOU PARA O ALTO DO GRANDE PINHEIRO E DISSE AO TAMANDUÁ:
- NUNCA MAIS OUSE PERTURBAR A VIDA DA ENCANTADORA TANA JURA, POIS, SE ELA SE QUEIXAR DE VOCÊ PARA MIM. EU VOU DAR UM NÓ BEM APERTADO NESSA SUA TROMBA QUE NUNCA MAIS VOCÊ VAI PODER ALMOÇAR E JANTAR.
ASSIM COM O RECADO DADO AO TAMANDUÁ, MANUELITO VIROU AS COSTAS E FOI NOVAMENTE AO ENCONTRO DA AMIGA TANAJURA E DISSE:
- EU DEI UMA ÓTIMA LICÃO NO TAMANDUÁ COVARDPERTURBAR A SE E LHE GARANTO QUE ELE NUNCA MAIS VAI PERSEGUÍ- LA E NEM PERTURBÁ-LA.
E A FORMIGA EMOCIONADÍSSIMA DISSE:
MUITO OBRIGADO POR TER SALVADO A MINHA VIDA TAMBÉM.
E O BOI SORRIDENTE RESPONDEU:
É QUANDO ESTAMOS MAIS FRACOS QUE FICAMOS MAIS FORTE. POIS, A UNIÃO FAZ A FORÇA QUE EXISTE DENTRO DE NÓS, DUPLICAR DE TAMANHO.
O BATE- PAPO ENTRE O BOI E A FORMIGA DUROU ATÉ A NOITE DE NATAL, QUANDO MANUELITO CONVIDOU A PEQUENA TANAJURA PARA SUBIR NO SEU LOMBO E ASSIM O BOI FOI CAMINHO COM A FORMINHO NO SEU LOMBO ATÉ A ENTRADA DO FORMIGUEIRO PARA QUE ELA PUDESSE COMPARTILHAR DA CEIA NATALINA COM A SUA FAMÍLIA. MANUELITO ESPEROU QUE TANAJURA DESCESSE DO SEU LOMBO PARA LHE DESEJAR UM FELIZ NATAL A ELA E ASSIM A FORMIGUINHA RETRIBUIU OS VOTOS DE FELIZ NATAL AO MANUELITO, MAS ANTES DE ELE PARTIR, TANAJURA LHE DEU UMA GRANDE CESTA COM MUITOS ALIMENTOS PARA QUE ELE PUDESSE SACIAR A SUA FOME E ANTES DE PARTIR A PROCURA DO SEU REBANHO, MANUELITO SE ABAIXOU E DEU UM BEIJO CARINHO EM TANAJURA E ASSIM CADA UM SEGUIU SEU DESTINO TENDO A CERTEZA QUE AMIGO É AQUELE QUE SEMPREESTARÁ AO SEU LADO NOS MOMENTOS DE ALEGRIA E DE TRISTEZA PARA O QUE DER E VIER DURANTE TODOS OS DIAS DESSA VIDA ABENÇOADA.
MANUELITO E TANAJURA ENCERRAM O BATE- PAPO QUE COMEÇOU TÃO DESANIMADOR E QUE HAVIA TERMINADO NUM CLIMA TÃO FESTIVO, SE ABRAÇANDO E COM ANIMADOS GRITOS DE FELIZ NATAL!
 
                                                      
 
Saulo Piva Romero
Enviado por Saulo Piva Romero em 20/12/2019
Alterado em 20/12/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Copyright © 2017. Contos do Tio-Avô. Todos os direitos reservados a Saulo Piva Romero.  
 
 




 
Países leitores do site Contos do Tio-avô