Contos doTio-Avô
Saulo Piva Romero
Textos
HOUVE UM ANO EM QUE O PAPAI NOEL ATRASOU A ENTREGA DOS PRESENTES NA NOITE DE NATAL.
ISSO ACONTECEU PORQUE O BOM VELHINHO ADOECEU. ELE PEGOU UMA GRIPE MUITO FORTE E ACABOU FICANDO ACAMADO E ISSO O DEIXOU MUITO TRISTE.
ELE FOI OBRIGADO A ATRASAR A ENTREGA DOS PRESENTES PARA AS CRIANÇAS DE TODOS OS CANTOS DO MUNDO.
ENTÃO MUITO CHATEADO, DEPOIS DE OUVIR AS RECOMENDAÇÕES MÉDICAS, O VELHO NOEL NÃO TEVE COMO PEGAR O SEU TRENÓ E VIAJAR AO REDOR DO MUNDO PARA ENTREGAR OS PRESENTES PARA AS CRIANÇAS QUE AGUARDAVAM A SUA CHEGADA NA NOITE DE NATAL PARA QUE GANHASSEM OS PRESENTES QUE HAVIAM PEDIDO.
ESSE ATRASO DE PAPAI NOITE FEZ COM QUE AS CRIANÇAS FICASSEM PREOCUPADAS.
AS CRIANÇAS NÃO SE CANSAVAM DE PERGUNTAR SOBRE O INESPERADO SUMIÇO DO PAPAI NOEL E BOMBARDEAVAM OS SEUS PAIS A TODO O INSTANTE COM A PERGUNTA:
- ONDE ESTÁ O PAPAI NOEL?
ENQUANTO ISSO, NA CASA DO BOM VELHINHO, ELE TEVE QUE TROCAR A SUA CONHECIDA ROUPA VERMELHA PELO SEU CONFORTÁVEL PIJAMA AZUL E BRANCO COM BOLINHAS E FOI SE DEITAR NA SUA CAMA.
MAS NÃO SE DESLIGAVA DAS CRIANÇAS UM MINUTO FAZENDO COM QUE ELE ROLASSE DE UM LADO PARA O OUTRO NUMA AGITAÇÃO SEM FIM.
E NOS QUATRO CANTOS DO MUNDO AS CRIANÇAS CONTINUAVAM INSISTINDO EM FAZER A MESMA PERGUNTA AOS SEUS PAIS.
- ONDE ESTÁ O PAPAI NOEL?
E OS PAIS RESPONDIAM:
- NÓS NÃO SABEMOS MEUS FILHOS E EM SEGUIDA DISSERAM EM CORO:
- O BOM VELHINHO AINDA NÃO CHEGOU À CASA DE NENHUMA CRIANÇA ATÉ AGORA.
AS CRIANÇAS COM FICARAM TRISTES COM A NOTÍCIA DE QUE O PAPAI NOEL NÃO HAVIA VISITADO NENHUM LAR E MAIS UMA VEZ INSISTIRAM PERGUNTANDO AOS PAIS.
- O PAPAI NOEL SE ATRASOU? SERÁ QUE ESSE ANO NÃO HAVERÁ O NATAL?
AS CRIANÇAS RECLAMAVAM DIZENDO QUE ISSO ERA MUITO ESTRANHO, POIS, O PAPAI NOEL NUNCA HAVIA ATRASADO A ENTREGA DE PRESENTES NA NOITE DE NATAL.
 E LÁ NO POLO NORTE, NOEL CONTINUAVA DEITADO NA SUA CAMA, POIS, NÃO TINHA FORÇA SUFICIENTE PARA SE LEVAR E SAIR VIAJANDO EM SEU TRENÓ QUE ESTAVA ESTACIONADO EM FRENTE DA SUA FÁBRICA DE BRINQUEDO COM OS SEUS FIÉIS DUENDES E SUAS PRECIOSAS RENAS PREPARADOS PARA ACOMPANHÁ-LO NESSE INCRÍVEL VIAGEM PELO MUNDO E O AJUDANDO A ENTREGAR MILHARES DE PRESENTES PARA AS CRIANÇAS DE TODAS AS NAÇÕES.
O BOM E VELHO PAPAI NOEL BEM QUE TENTOU LEVANTAR DA CAMA, MAS ACABOU TROPEÇANDO NAS SUAS PANTUFAS FAZENDO COM QUE SE DESEQUILIBRASSE  E VOLTASSE PARA CAMA NOVAMENTE.
ENTÃO, O PAPAI NOEL TEVE UMA IDEIA BRILHANTE E IMEDIATAMENTE PEDIU A SUA ESPOSA QUE CHAMASSE OS DUENDES PARA CONVERSAR COM ELE.
E ASSIM QUE OS SEUS AJUDANTES CHEGARAM AO QUARTO, PAPAI NOEL DISSE:
- JÁ QUE EU ESTOU DOENTE E NÃO POSSO IR AO ENCONTRO DAS CRIANÇAS, VÃO E TRAGAM TODAS AS CRIANÇAS ATÉ A MINHA CASA.
OS DUENDES PEGARAM O TRENÓ E PARTIRAM PARA A MISSÃO DADA PELO PAPAI NOEL.
MUITOS TRENÓS SAÍRAM DO POLO NORTE PARA VÁRIOS CANTOS DO MUNDO.
AS CRIANÇAS FORAM PEGAS DE SURPRESA, POIS ERA O MELHOR PRESENTE DE NATAL QUE HAVIAM RECEBIDO NA VIDA, POIS, ERA UMA OPORTUNIDADE DE OURO, POIS, ELES IRIAM FINALMENTE CONHECER A CASA DO PAPAI NOEL.
OS DUENDES CHEGARAM AO POLO NORTE FALTANDO POUCOS MINUTOS PARA A NOITE DE NATAL E CONDUZIRAM TODAS AS CRIANÇAS PARA O REFEITÓRIO DA GRANDE FÁBRICA DE BRINQUEDOS DO PAPAI NOEL.
AS CRIANÇAS SE SENTARAM AO REDOR DE UMA GRANDE MESA ONDE ESTAVA PREPARADA UMA CEIA ONDE ELAS PODIAM COMER A VONTADE, POIS, A MESA ESTAVA COM UMA VARIADA QUANTIDADE DE ALIMENTOS.
DEPOIS DAS CRIANÇAS TOMAREM OS SEUS LUGARES NA MESA DA GRANDE CEIA PREPARADA COM MUITO CARINHO PELO BOM VELHINHO, COMEÇAM A CHAMAR PELO PAPAI NOEL QUE DE REPENTE APARECE SAINDO DE DENTRO DE UM PEQUENO ELEVADOR QUE DAVA PASSAGEM DA CASA PARA A FÁBRICA DE BRINQUEDOS.
E ASSIM QUE A PORTA ABRIU, EIS QUE SURGE O INCRÍVEL PAPAI NOEL SACUDINDO A LONGA BARBA E BALANÇANDO A SUA PANÇA.
AO VEREM O PAPAI NOEL SEM A JÁ CONHECIDA ROUPA VERMELHA E VESTIDO NO SEU PIJAMA AZUL E BRANCO COM BOLINHAS, AS CRIANÇAS LEVARAM UM SUSTO, MAS LOGO ACHARAM AQUELA SITUAÇÃO MUITO ENGRAÇADA.
DEPOIS O SILÊNCIO TOMOU CONTA DO AMBIENTE NATALINO QUE JÁ SE ENCONTRAVA NAQUELA CEIA, ENTÃO, O PAPAI NOEL DEU BOAS VINDAS A TODAS AS CRIANÇAS QUE VIERAM DE VÁRIAS PARTES DO MUNDO E DISSE:
- EU JAMAIS DEIXARIA DE ENTREGAR PRESENTES AS CRIANÇAS, ENTÃO COMO EU ADOECI E NÃO PUDE VIAJAR, SENDO ASSIM JÁ QUE PAPAI NOEL NÃO PODE IR AO ENCONTRO DAS CRIANÇAS, ELAS É QUE VEEM AO ENCONTRO DO PAPAI NOEL.
 JÁ ERA MAIS DE MEIA-NOITE, PASSAVA MUTIO DA HORA DE ABRIR OS PRESENTE QUANDO UMA DAS CRIANÇAS LEMBROU QUE TODAS AS CRIANÇAS FORAM AO ENCONTRO DO PAPAI NOEL ESQUECENDO DE AVISAR AOS SEUS PAIS.
E O PAPAI NOEL RESPONDEU:
NÃO IMPORTA, POIS, O ESPÍRITO DE NATAL SE ENCARREGARÁ DE AVISÁ-LOS.
E ASSIM PELA PRIMEIRA VEZ NA HISTÓRIA DA NOITE DE NATAL, O PAPAI NOEL VESTINDO UM PIJAMA AZUL E BRANCO COM BOLINHAS. E CALÇANDO PANTUFAS DE PELÚCIA NÓS PÉS AO INVÉS DA TRADICIONAL ROUPA VERMELHA  E DA BOTA PRETA DE COURO, ENTREGOU OS PRESENTES DE NATAL PARA A ALEGRIA DAS CRIANÇAS E PROMETEU NUNCA MAIS SE ATRASAR OU ADOECER NA TÃO ESPERADA NOITE DE NATAL
 
Saulo Piva Romero
Enviado por Saulo Piva Romero em 07/12/2019
Alterado em 11/05/2020
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
AfrikaansAlbanianArabicEnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Copyright © 2017-2020. Contos do Tio-Avô. Todos os direitos dos textos reservados a Saulo Piva Romero  
 
* As imagens do site são sem fins lucrativos.
São de propriedade da Google LLC