Contos doTio-Avô
Saulo Piva Romero
Textos
ERA UMA VEZ NA FLORESTA DA MANCHA, NA ESPANHA, VIVIA UM COIOTE QUE DE TANTO LER LIVROS DE HISTÓRIAS DE CAÇA E CAÇADOR COMEÇOU A CONFUNDIR A SUA VIDA COM FANTASIAS CRIADAS DENTRO DA SUA CABEÇA. UM DIA, ELE DECIDE SE TORNAR UM CAÇADOR VIAJANTE E SAIR PELAS FLORESTAS DO MUNDO ACREDITANDO NAS FANTASIAS CRIADAS POR SUA IMAGINAÇÃO.
DOM COIOTE ERA MUITO INGÊNUO, POIS DESDE QUANDO ERA PEQUENO NUNCA HAVIA SAÍDO DA FLORESTA DA MANCHA. ELE ERA UM COIOTE CASEIRO E APESAR DE TER UM SOBRENOME NOBRE, VIVIA EM UM VELHO CASARÃO ABANDONADO NO MEIO DA FLORESTA E TINHA POUCAS POSSES. O CASARÃO, ALÉM DE TER UMA BIBLIOTECA GIGANTESCA COM LIVROS NA SUA GRANDE MAIORIA SOBRE CAÇAS E CAÇADORES ERA TODA ENFEITADA COM ESCUDOS, LANÇAS E ESPADAS. ISSO, TALVEZ FOI O QUE LEVOU O COIOTE A PENSAR QUE ERA UM TALENTOSO CAÇADOR E CONTRIBUINDO PARA QUE ELE FICASSE CADA VEZ MAIS LELÉ DA CUCA. ENTÃO, PARA ELE FICAR UM PERFEITO CAÇADOR VIAJANTE COMO MANDA O FIGURINO, O COIOTE RECORRE A UMA VELHA ARMADURA, UMA VISEIRA DE PAPELÃO E ENTÃO, ELE SE TRANSFORMA EM DOM COIOTE DA MANCHA.
ELE COMEÇA A SUA AVENTURA SOZINHO COM O OBJETIVO DE ANDAR PELO MUNDO DESFAZENDO AS INJUSTIÇAS, SALVANDO AS MOCINHAS EM PERIGO, AJUDANDO OS POBRES E COMBATENDO AS MAIS SELVAGENS FERAS DAS FLORESTAS AO REDOR DO MUNDO. DOM COIOTE COMO TODOS OS CAVALEIROS E CAÇADORES CORAJOSOS TINHA QUE TER TAMBÉM A SUA AMADA. ELE QUERIA PORQUE QUERIA TER UMA AMADA PARA HONRAR E DEDICAR AS SUAS AVENTURAS HEROICAS.  ENTÃO, ELE NOVAMENTE COMEÇOU A FANTASIAR OS SEUS PENSAMENTOS E FICOU AINDA MAIS LELÉ DAS IDEIAS E ACABOU CRIANDO DENTRO DA SUA CABEÇA UMA COIOTA BELÍSSIMA, A SUA RUBINEIA. MAS, ESSA COIOTA EXISTIA DE VERDADE E DE BELÍSSIMA NÃO TINHA NADA, MAS, PARA DOM COIOTE, ELA ERA A MENINA DOS SEUS OLHOS, A MAIS LINDA E CHARMOSA ENTRE TODAS AS COIOTAS DA FLORESTA DA MANCHA. DEPOIS DE FANTASIAR TODO ESSE AMBIENTE IMAGINÁRIO DENTRO DA SUA CABEÇA, O VELHO COIOTE MONTA EM SEU HUMILDE PANGARÉ, BRILHANTE E FOGE DA FLORESTA DA MANCHA EM BUSCA DE AVENTURAS PELO MUNDO AFORA.
DEPOIS DE MUITOS DIAS DE CAMINHADA SOB O SOL QUENTE DE VERÃO, DOM COIOTE CHEGA A UMA ESTALAGEM QUE EM SUA CABEÇA PERTURBADA SE TRANSFORMA EM UM CASTELO EM PLENA FLORESTA. ENTÃO, ELE PEDE AO DONO DA ESTALAGEM PARA SER COROADO CAVALEIRO CAÇADOR DA REGIÃO DA MANCHA. JÁ NO DIA SEGUINTE AO ENCONTRAR-SE COM  UM GRUPO DE ANIMAIS DE GRANDES HABILIDADES E FORÇA SUPERIOR A DELE RESOLVE ATACÁ- LOS POR VÊ-LOS COMO INIMIGOS, MAS, ACABA CAINDO DO SEU PANGARÉ E ACABA SENDO FERIDO PELO GRUPO DE ANIMAIS SELVAGENS E FEROZES, PORÉM UM  TIGRE DA MESMA ALDEIA DE DOM COIOTE O ENCONTRA ENTRE GEMIDOS E ESBRAVEJANDO LAMENTAÇÕES. ENTÃO, O TIGRE LEVA DOM COIOTE DE VOLTA PARA O CASARÃO. QUANDO, O TIGRE PERCEBE QUE O AMIGO ESTAVA PERDENDO O JUÍZO COMPLETAMENTE POR CAUSA DOS SEUS LIVROS DE CAÇADORES E CAVALEIROS, NÃO PENSA DUAS VEZES E QUEIMA TODOS OS LIVROS DA BIBLIOTECA DE DOM COIOTE. MAS, QUANDO TODOS OS ANIMAIS DA FLORESTA DA MANCHA PENSAVAM QUE HAVIAM RESOLVIDO O PROBLEMA DE DOM COIOTE, ELE JÁ COMPLETAMENTE LELÉ DA CUCA, PENSANDO QUE O INCÊNDIO NA SUA BIBLIOTECA TINHA SIDO OBRA DE UM DRAGÃO CRUEL RESOLVE PROSSEGUIR COM AS SUAS INCRÍVEIS AVENTURAS IMAGINÁRIAS, SÓ QUE AGORA NA COMPANHIA DE SANCHO PANDA, SEU FIEL ESCUDEIRO, QUE TAMBÉM ERA UM  LELÉ DA CUCA IGUAL A DOM COIOTE E QUE SÓ PENSAVA EM  JUNTAR RIQUEZAS NESSA TERRA ACABOU POR ACEITAR SEGUIR O CAVALEIRO VIAJANTE, NA PROMESSA DE SER RECOMPENSADO PELOS SEUS SERVIÇOS PRESTADOS A DOM COIOTE. SANCHO PANDA OBEDECIA ÀS ORDENS DADAS POR DOM COIOTE, POIS JÁ ESTAVA ACOSTUMADO E FASCINADO PELAS ESQUISITICES E PELA CRIATIVA IMAGINAÇÃO DO VELHO COIOTE.
ASSIM DOM COIOTE E SANCHO PANDA VIVERAM MUITAS AVENTURAS ANTES DE REGRESSAR A FLORESTA DA MANCHA.  ELES  FORMARAM UM DUPLA IMBATÍVEL E NUMA DESSAS AVENTURAS QUASE FORAM ESMAGADOS POR UMA RODA DE UM MOINHO, TUDO PORQUE ELES ACREDITARAM QUE UM BARQUINHO SEM REMO QUE SE ENCONTRAVA Á BEIRA DE UM RIO IRIA LIBERTAR DOM COIOTE DA PERSEGUIÇÃO DO DRAGÃO QUE  PARA ELE, HAVIA QUEIMADO A SUA BIBLIOTECA. DOM COIOTE FINALMENTE RECOMPENSOU SANCHO PANDA, SEU FIEL ESCUDEIRO EM TANTAS BATALHAS CONTRA VILÕES E DRAGÕES DANDO UMA ILHA PARA ELE GOVERNAR.
DOM COIOTE SE CASOU COM SUA AMADA RUBINEIA, A COIOTA BELÍSSIMA E PERFEITA, SEGUNDO SUA IMAGINAÇÃO E ASSIM O NOSSO VALENTE E NOBRE CAVALEIRO DEPOIS DE TANTAS AVENTURAS E DESVENTURAS RESOLVEU REGRESSAR PARA A FLORESTA DA MANCHA E CONTINUOU A VIVER NO SEU VELHO CASARÃO E VIVEU O RESTO DE SEUS DIAS NA COMPANHIA INSEPARÁVEL DE RUBINEIA, SUA BELÍSSIMA AMADA E CHARMOSA COIOTA.
E NOS SEUS MOMENTOS DE ESQUISITICES SEMPRE LEMBROU DE SANCHO PANDA DEIXANDO COMO HERANÇA UM PEDACINHO DE TERRA. DOM COITE VIVEU CHEIO DE DIGNIDADE E BONDADE, POIS, DENTRO DA SUA CABEÇA FANTASIOSA, ELE FOI UM HERÓI, POIS, AMOU AO PRÓXIMO E COMBATEU AS INJUSTIÇAS COMO UM CRISTÃO PIEDOSO E JUSTO. DOM COIOTE DA MANCHA SEMPRE SERÁ LEMBRADO COMO UM HERÓI POR SER TÃO CORAJOSO QUANTO OS VERDADEIROS HERÓIS.
 
Saulo Piva Romero
Enviado por Saulo Piva Romero em 30/04/2019
Alterado em 10/05/2020
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
AfrikaansAlbanianArabicEnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Copyright © 2017-2020. Contos do Tio-Avô. Todos os direitos dos textos reservados a Saulo Piva Romero  
 
* As imagens do site são sem fins lucrativos.
São de propriedade da Google LLC