Contos doTio-Avô
Saulo Piva Romero
Textos
DE UMA LINDA E INFINITA HISTÓRIA DE AMOR, NASCEU O DIA E A NOITE. ESSE ENCONTRO ILUMINOU O MUNDO, UM AMOR INESQUECÍVEL.  ASSIM FOI O ENCONTRO DO SOL E DA LUA QUE SE APAIXONARAM PERDIDAMENTE E Á PARTIR DESSE MOMENTO COMEÇARAM A VIVER UM GRANDE AMOR.  MAS ESSE NAMORO ENTRE O SOL E A LUA ACONTECEU MESMO ANTES DE DEUS CRIAR O MUNDO. ENTÃO, ISSO SIGNIFICAVA QUE NENHUM DOS DOIS POSSUÍA BRILHO.  MAS, DEUS NA SUA INFINITA SABEDORIA DECIDIU CRIAR O MUNDO E PRESENTEÁ-LOS COM UM TOQUE DE BRILHO.
DEUS, O SENHOR DO CÉU E DA TERRA TAMBÉM FEZ ALGUMAS REGRAS PARA O SOL E A LUA.  A ATIVIDADE DO SOL SERIA ILUMINAR O DIA E DA LUA SERIA ILUMINAR A NOITE. MAS NO ENTENDER DO CASAL ENAMORADO ISSO SERIA UM FARDO MUITO PESADO PARA ELES, POIS, SENDO ASSIM SERIAM OBRIGADOS A VIVEREM SEPARADOS.
O SOL E A LUA NÃO CONSEGUIAM ENTENDER O PROPÓSITO DE DEUS COM ESSA DETERMINAÇÃO DE SEPARÁ-LOS DEFINITIVAMENTE E ASSIM ABATEU-SE UMA GRANDE TRISTEZA E SOLIDÃO, POIS TINHAM CERTEZA DE QUE NUNCA MAIS SE ENCONTRARIAM NAQUELE IMENSO UNIVERSO CRIADO POR DEUS TODO PODEROSO.  A LUA FOI FICANDO CADA VEZ MAIS MELANCÓCILA, AMARGURADA E MINGUANTE MESMO COM TODO O BRILHO QUE DEUS LHE DEU PORQUE ASSIM COMO A MULHER, ELA ERA DE FAZES, SE ESTAVA ALEGRE FICAVA CHEIA E BRILHANTE, MAS SE ESTAVA TRISTE FICAVA MINGUADA E SEM BRILHO.  
O SOL POR SUA VEZ HAVIA CONQUISTADO UM TÍTULO DE NOBREZA POR DECISÃO DO CRIADOR, SERIA O ASTRO REI DO UNIVERSO, MAS, SEM A LUA AO SEM LADO ESSE TÍTULO NÃO LHE SERVIRIA ABSOLUTAMENTE NADA.  SENDO ASSIM, O AGORA ASTRO REI SENTIA–SE PROFUNDAMENTE INFELIZ.
DEUS FICOU MUITO SENSIBILIZADO QUANDO VIU A TRISTEZA E ABATIMENTO DA LUA E DO SOL.  ENTÃO NA SUA MISERICÓRDIA E AMOR A TUDO O QUE CRIASTE NA TERRA CHAMOU A LUA E O SOL PARA UMA CONVERSA.
- VOCÊS NÃO DEVEM FICAR TRISTES E ABATIDOS, POIS, AMBOS AGORA QUE CRIEI O DIA E A NOITE JÁ POSSUEM UM BRILHO PRÓPRIO.
- QUERIDA LUA! VOCÊ ILUMINARÁ AS NOITES FRIAS E QUENTES E ENCANTARÁ COM SEU BRILHO A VIDA DE TODOS OS ENAMORADOS.
- E VOCÊ SOL SERÁ O ASTRO MAIS IMPORTANTE DE TODOS OS ASTROS E ILUMINARÁ A TODOS OS SERES VIVOS DURANTE OS TODOS OS DIAS, AQUECENDO-OS DURANTE O FRIO E DANDO-LHES ÂNIMO E ALEGRIA NO VERÃO.
MAS, A LUA NÃO SE CONFORMAVA DE JEITO NENHUM COM A SEPARAÇÃO INESPERADA ENTRE ELA E O SOL E ENTRISTECEU-SE AINDA MAIS COM SEU TERRÍVEL DESTINO E NÃO AGUENTANDO A SOLIDÃO CHOROU POR DIAS A FIO... E O SOL COMPADECIDO DO ESTADO LÁSTIMÁVEL DE SUA AMADA LUA E A VENDO SOFRER DECIDIU QUE NÃO PODIA DESISTIR DE LUTAR POR SEU GRANDE AMOR E QUE TINHA QUE LHE DAR FORÇAS PARA QUE ELA SUPORTASSE ESSA LACUNA E ACEITASSE O HAVIA SIDO ESTABELECIDO POR DEUS.
A PREOCUPAÇÃO SUA PREOCUPAÇÃO COM O ESTADO DA LUA ERA TÃO GRANDE QUE O ASTRO REI RESOLVEU FAZER UM PEDIDO PARA O CRIADOR DO CÉU E DA TERRA.
- SENHOR, AJUDE A LUA. ELA É MAIS FRÁGIL DO QUE EU E ACABARÁ NÃO SUPORTANDO A DOR DA SOLIDÃO!
E PRONTAMENTE DEUS NA SUA IMENSA BONDADE ATENDEU AO PEDIDO DO SOL E CRIOU AS ESTRELAS PARA FAZEREM COMPANHIA PARA A LUA.
ESSE PRESENTE ALIVIOU MUITO A SOLIDÃO QUE A LUA SENTIA EM NÃO TER O SOL AO SEU LADO, MAS, A LUA CONTINUAVA TRISTE.
E NOS DIAS DE MUITA TRISTEZA E SAUDADE PELO MENOS RECORRIA AS ESTRELAS QUE FAZIAM DE TUDO PARA CONSOLÁ-LA.
MAS, NÃO ERA SEMPRE QUE CONSEGUIAM FAZER TAL FEITO.
DESDE QUE DEUS DECIDIU DAR BRILHO AO SOL E A LUA, ELES PASSARAM A VIVEREM SEPARADOS.
O SOL FINGE QUE É FELIZ ENQUANTO QUE A LUA NÃO CONSEGUE ESCONDER A SUA TRISTEZA.
O SOL NUNCA SE ESQUECEU DA LUA E AINDA ESQUENTA UMA GRANDE E ARREBATADORA PAIXÃO PELA SUA AMADA LUA. JÁ ELA VIVE PRESSA NAS LEMBRANÇAS E NA SAUDADE DE QUANDO PODIA LIVREMENTE CAMINHAR LADO A LADO COM SEU SOL AMADO POR TODOS OS CANTOS DESSE UNIVERSO INFINITO.
MAS O QUE A LUA NÃO ENXERGAVA ERA QUE DEUS QUERIA QUE ELA FOSSE SEMPRE CHEIA E LUMINOSA, MAS, A SAUDOSA LUA NÃO CONSEGUIA SER SEMPRE ASSIM, PORQUE ELA ERA MULHER E UMA MULHER TEM FASES. QUANDO ELA FICAVA FELIZ NOS POUCOS MOMENTOS DE DISTRAÇÃO COM AS ESTRELAS FICAVA CHEIA DE VIDA E RADIANTE, PORÉM NOS MOMENTOS DE TRISTEZA E SOLIDÃO FICAVA INFELIZ E MINGUANTE TENDO SEU BRILHO OFUSCADO PELA DOR DA SEPARAÇÃO.
ASSIM, ELES SEGUEM SEU DESTINO. O SOL SOLITÁRIO, MAS FORTE E A LUA NA COMPANHIA DAS ESTRELAS, MAS FRACA.
AS PESSOAS TENTAM A TODO O MOMENTO CONQUISTAR A LUA COMO SE ISSO FOSSE POSSÍVEL.
MAS DEUS COM SEU INFINITO AMOR DECIDIUQUE NENHUM AMOR NESSE MUNDO SERIA DE TODO IMPOSSÍVEL. NEM MESMO O AMOR DO SOL E DA LUA. E FOI ENTÃO QUE O PAI CELESTIAL CRIOU O ECLÍPSE PARA AMENIZAR A DOR, A SOLIDÃO E A SAUDADE DO APAIXONADO CASAL.  SOL E LUA VIVEM AGORA A ESPERA DESSE ECLÍPSE QUE É TÃO RARO DE ACONTECER.
E QUANDO ISSO ACONTECEU O SOL ENCOBRIU A LUA E DEITOU-SE SOBRE ELA E MATARAM A SAUDADE E SE AMARAM.
O BRILHO DESSE AMOR É TÃO INTENSO E GRANDIOSO QUE QUALQUER UM QUE OLHAR PARA O CÉU NO MOMENTO DA UNIÃO DO SOL E DA LUA PODE FICAR CEGO DE VER TANTO AMOR EXPLODINDO NO UNIVERSO.
 
Saulo Piva Romero
Enviado por Saulo Piva Romero em 30/06/2018
Alterado em 09/05/2020
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
AfrikaansAlbanianArabicEnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Copyright © 2017-2020. Contos do Tio-Avô. Todos os direitos dos textos reservados a Saulo Piva Romero  
 
* As imagens do site são sem fins lucrativos.
São de propriedade da Google LLC