Contos doTio-Avô
Saulo Piva Romero
Textos
DONA AZIZA ERA UMA VELHINHA MUITO POBRE QUE MORAVA NA CIDADE DE BELÉM E TODOS A ADMIRAVAM PORQUE ELA ERA DE UMA HUMILDADE QUE NAQUELE TEMPO ERA DIFÍCIL DE SE VER. HÁ POUCO TEMPO ATRÁS ELA HAVIA PERDIDO SEU MARIDO. E DESDE ENTÃO MORAVA NUMA CASINHA MUITO SIMPLES. NUMA MANHÃ ENSOLADA SAIU PARA FAZER COMPRAS POIS, JÁ ESTAVA SEM MANTIMENTOS EM CASA. ELA CARREGAVA UMA PEQUENA BOLSINHA COM AS POUCAS MOEDAS QUE GANHAVA FAZENDO REPAROS EM ROUPAS E CHEGANDO PRÓXIMO AO MERCADO VIU UMA CENA QUE ENTRISTECEU SEU CORAÇÃO. UM MENDIGO DE NOME MORDECAI ESTAVA ENCOSTADO NUMA PAREDE PEDINDO ALGUMAS MOEDAS PARA SACIAR SUA FOME. MORDECAI ESTAVA SUJO E COM FERIDAS NO CORPO E ESTAVA ACOMPANHADO DE UM CACHORRINHO QUE SE APEGOU A ELE. NISSO PASSA DIANTE DO MENDIGO MALTRAPILHO, UM SENHOR MUITO RICO E ELE IMPLORA QUE LHE DÊ ALGUMAS MOEDAS POQUE SENTE MUITA FOME.
- POR FAVOR SENHOR UMA MOEDA PARA QUE EU POSSA MATAR MINHA FOME!
E O RICO COMERCIANTE COMEÇA A ZOMBAR DO ESFOMEADO MENDIGO.
- ORA ESSA! VÁ TRABALHAR SEU PREGUIÇOSO AO INVÉS DE FICAR AMOLANDO OS OUTROS QUE TRABALHAM DURO PARA SE SUSTENTAR ACORDANDO CEDO FAÇA CHUVA OU FAÇA SOL!
- SAI PARA LÁ MENDIGO SUJO QUE EU TENHO MAIS O QUE FAZER DO QUE FICAR PERDENDO TEMPO COM VOCÊ!
E AS LÁGRIMAS ROLAVAM NO ROSTO DE MORDECAI E COM MUITA DIGNIDADE ELE DE JOELHOS OLHANDO PARA O CÉU CLAMA A DEUS PARA QUE AMENIZE SUA FOME POIS, JÁ ESTÁ PRATICAMENTE SEM FORÇAS PARA RESISTIR A FOME E CONTINUAR VIVENDO NAQUELA SITUAÇÃO. NESSE MOMENTO A VELHINHA SE APROXIMA DE MORDECAI E VENDO SEU DESESPERO PEGA SUA BOLSINHA E NUM GESTO DE TOTAL DESAPEGO ELA LHE ENTREGA TODAS AS SUAS MOEDAS QUE TINHA PARA PASSAR O MÊS SEM DIFICULDADES.
- VÁ E MATE SUA FOME! HOMEM DE FÉ E DE BOM CORAÇÃO!
- EU VI VOCÊ CLAMANDO A DEUS! E ELE ME ENVIOU COMO SEU INSTRUMENTO ATÉ VOCÊ!
- MAS DIGNA E BOA SENHORA! SE EU ACEITAR SUA GENEROSA OFERTA COMO FARÁ PARA SE SUSTENTAR JÁ QUE ME DEU TODAS AS SUAS ECONOMIAS PARA SOBREVIVER DURANTE TODO O MÊS?
E HUMILDEMENTE DONA AZIZA LHE RESPONDEU:
- VÁ EM PAZ MEU FILHO! E NÃO SE PREOCUPE PORQUE DEUS NUNCA ME DEIXA SEM SUSTENDO. E AS MOEDAS QUE LHE DEI VOLTARÃO PARA MINHA BOLSINHA EM DOBRO.
DEPOIS DAS PALAVRAS RECONFORTANTES DA CARIDOSA VELHINHA AZIZA, MORDECAI SE LEVANTOU E DEU UM LONGO E AFETUOSO ABRAÇO NAQUELA SENHORA QUE FORA A ÚNICA QUE LHE HAVIA CEDIDO NÃO APENAS UMA MOEDA, MAS SIM TODAS SEM SE IMPORTAR SE IRIAM OU NÃO FAZER FALTA PARA O SEU SUSTENTO DO MÊS.ENQUANTO QUE O COMERCIANTE AFORTUNADO QUE POSSUÍA MUITOS BENS E DINHEIRO AOS MONTES NENHUMA MOEDA SEQUER LHE OFERTOU E AINDA O HUMILHOU NA FRENTE DE VÁRIAS PESSOAS QUE ESTAVAM PRESENCIANDO O SEU PEDIDO AO RICO COMERCIANTE. E DEPOIS DE ABRAÇAR DONA AZIZA, MORDECAI DEIXOU A PRAÇA E LÁ SE FOI EM BUSCA DO ALIMENTO TÃO DESEJADO PARA SACIAR SUA FOME E RECOBRAR SUAS FORÇAS. MAS O QUE NEM MORDECAI, O RICO COMERCIANTE E A VELHINHA BONDOSA PERCEBERAM FOI A PRESENÇA DE JESUS OBSERVANDO TODA A CENA. ENTÃO JESUS REUNIU TODOS OS SEUS DISCÍPULOS E COMENTOU QUE O GESTO DA VELHINHA FOI TÃO PRECIOSO E QUE DEUS ESTAVA MUITO FELIZ COM A NOBRE ATITUDE DAQUELA SENHORA PORQUE ELA, EMBORA TÃO NECESSITADA, DOOU DAQUILO QUE LHE AUXILIARIA EM SEU PRÓPRIO SUSTENTO.
E DEPOIS DESTAS SÁBIAS PALAVRAS JESUS RETOMOU SUA CAMINHADA JUNTO A MULTIDÃO PREGANDO SEUS LINDOS ENSINAMENTOS DE AMOR AO PRÓXIMO E A SUA PAZ SE FEZ PRESENTE NA MULTIDÃO DE PESSOAS QUE OUVIAM AS SUAS PALAVRAS NA PRAÇA DO MERCADO.












.


































































































 
Saulo Piva Romero
Enviado por Saulo Piva Romero em 04/05/2017
Alterado em 08/05/2020
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
AfrikaansAlbanianArabicEnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Copyright © 2017-2020. Contos do Tio-Avô. Todos os direitos dos textos reservados a Saulo Piva Romero  
 
* As imagens do site são sem fins lucrativos.
São de propriedade da Google LLC