Contos doTio-Avô
Saulo Piva Romero
Textos

NUMA FLORESTA COBERTA DE ÁRVORES E FLORES VIVIAM MUITOS ANIMAIS DENTRE ELES UM COELHO DE NOME PANTALEÃO. TODOS OS ANOS NA ÉPOCA DA PÁSCOA ELE FAZIA A ALEGRIA DOS FILHOTINHOS DE TODOS OS MORADORES DA FLORESTA. PANTALEÃO FABRICAVA MUITOS OVOS DE CHOCOLATE DURANTE O ANO INTEIRO. ELE CAPRICHOSAMENTE DECORAVA E PINTAVA ESSES OVOS ENFEITANDO E OS EMBALANDO CARINHOSAMENTE. MAS COMO EM TODA A SOCIEDADE O COELHO PANTALEÃO NÃO ERA SIMPÁTICO AOS OLHOS DE DOIS DOS MORADORES DA SINGELA FLORESTA.UM DELES ERA A RAPOSA PAULINA E A OUTRA A ONÇA PAOLA. A DUPLA INVEJOSA DETESTAVA A PÁSCOA E NÃO SUPORTAVA VER A FELICIDADE DOS FILHOTINHOS DA ABENÇOADA FLORESTA. ENTÃO PAULINA E PAOLA TRAMARAM UM PLANO PARA ESTRAGAR A LINDA FESTA DE PÁSCOA. PANTALEÃO PEGOU SUA CESTA CHEIA DE OVOS E SAIU SALTITANTE E FELIZ PARA FAZER A ESTREGA DE TODOS ESSES OVOS DE NORTE A SUL DA ESVERDEADA FLORESTA SEM IMAGINAR QUE A MALDADE NO CORAÇÃO DA RAPOSA PAULINA E DA ONÇA PAOLA IRIA ESTRAGAR SEUS PLANOS DE ALEGRAR A PÁSCOA DA BICHARADA E NO MEIO DO CAMINHO PANTALEÃO CAIU NUMA ARMADILHA PREPARADA PELAS DUAS INVEJOSAS E ASSIM O POBRE COELHINHO PANTALEÃO CAIU NUMA REDE E FICOU PRESO.
PAULINA, A RAPOSA PUXOU A REDE E FOI LOGO DESDENHANDO DO INDEFESO PANTALEÃO.
- POBRE COELHINHO DA PÁSCOA!
O QUE FAREMOS COM ESSE DENTUÇO AGORA AMIGA PAOLA?
- A ONÇA MÁ RESPONDEU:
- QUE TAL UM COELHO ASSADO!
A RAPOSA RESPONDEU:
HUM! PARECE BEM APETITOSO.
-O IMPORTANTE É QUE CAPTURAMOS ESSE DENTUÇO ROEDOR DE CENOURAS E NÃO HAVERÁ MAIS PÁSCOA NESSA FLORESTA INSUPORTÁVEL AMIGA RAPOSA, DISSE A ONÇA MÁ.
E LÁ SE FORAM ABANDONANDO O BONDOSO COELHINHO DA PÁSCOA PRESO NA REDE. E SEM TER COMO ESCAPAR DA TERRÍVEL ARMADILHA DA DUPLA MALIGNA.
PANTALEÃO OLHOU COM FIRMEZA E OROU A DEUS PEDINDO AJUDA PARA QUE DEUS O LIBERTASSE PARA QUE ELE PUDESSE ENTREGAR TODOS OS OVOS PARA OS FILHOTES DOS ANIMAIS QUE ESTAVAM ESPERANDO ANSIOSAMENTE PELO SEU PRESENTE DE PÁSCOA E FESTEJAR COM SEUS PAIS A RESSURREIÇÃO DE CRISTO.
E DEUS PRONTAMENTE ATENDEU A SÚPLICA DE PANTALEÃO, O COELHO ENVIANDO UM ILUSTRE MORADOR DA FLORESTA QUE PASSAVA POR ALI NAQUELE INSTANTE, O SENHOR SABICHÃO, A CORUJA MAIS VELHA DENTRE TODOS OS BICHOS DA FLORESTA ESMERALDINA QUE COM SEU BICO PONTIAGUDO CORTOU OS FIOS DA REDE E SALVOU NOSSO CORAJOSO COELHINHO QUE COM SUA FÉ INABALÁVEL EM NOSSO DEUS MISERICORDIOSO CONSEGUIU FAZER TODAS AS ENTREGAS DOS OVOS PARA CADA FAMÍLIA DEIXANDO A FESTA DA RESSURREIÇÃO DE CRISTO SALVADOR AINDA MAIS FELIZ E TRANSBORDANDO DE LUZ E PAZ DERROTANDO A INVEJA E O ÓDIO DE PAOLA E PAULINA QUE FORAM JULGADAS PELO TRIBUNAL DA FLORESTA PRESIDIDO PELO SENHOR SABICHÃO E ASSIM FORAM CONDENADAS E EXPULSAS DA TRANQUILA FLORESTA DO BEM.
E A FESTA PROSSEGUIU COM MUITA ALEGRIA E A BENÇÃO DE DEUS ATÉ O FINAL DA FESTA DA PÁSCOA COM TODOS OS ANIMAIS DA FLORESTA CELEBRANDO CRISTO RESSUSCITADO E SAUDANDO A VITÓRIA DA VIDA SOBRE A MORTE.

 
Saulo Piva Romero
Enviado por Saulo Piva Romero em 16/04/2017
Alterado em 08/05/2020
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
AfrikaansAlbanianArabicEnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Copyright © 2017-2020. Contos do Tio-Avô. Todos os direitos dos textos reservados a Saulo Piva Romero  
 
* As imagens do site são sem fins lucrativos.
São de propriedade da Google LLC